Cobertura: Pink Floyd Cover no CAASO


Mais uma vez o Grupo de Som do CAASO traz ainda no começo do ano uma excelente banda de Rock para que a população de amarelo e preto da USP de São Carlos prestigie: Pink Floyd Cover, aportando por estas passagens novamente, depois de épica passagem em 2006.

Um ano antes eles haviam feito o SancaStock abrindo 2008, com três bandas, Homem com Asas, Estação da Luz e Tomada. E lá estávamos nós, pela primeira vez postando algum material sobre um show aqui no Programa Bluga. Não poderíamos deixar estar presentes agora, nesse nosso mês de aniversário, nesta festa Grupo do Som, que no final das contas está ligado indiretamente a iniciativa do blog, que surgiu justamente numa confabulação durante o SancaStock.

Afora esse saudosismo homenageoso, ainda temos de lembrar que trocentos acessos nossos nos últimos tempos se deveram justamente à pesquisas associando pink+floyd+caaso. Afinal, temos várias resenhas de shows que rolaram no CAASO e outras tantas falando de Floyd, sem contar DUAS (uma, duas) falando do Tributo ao Dark Side of the Moon pela banda Senhor X. Assim, sentimo-nos no dever de comparecer ao show e relatar um pouco da noite para quem quer que venha caçar informações por aí.

Para a abertura, Stranhos Azuis, power trio mais que carimbado tanto no CAASO quanto aqui no Programa Bluga. Ganharam o II FeBICA, ao lado da MothercoW, em Novembro e já haviam tocado ali em Marco de 2008, na festa Rock'n'Blues, ao lado da banda Fenícia. Nessa noite, sua apresentação trouxe muito do material próprio, que irá compor seu primeiro álbum, intitulado Stranger, pra sair até o meio do ano. Tocaram uma nova a nosso ouvidos, Jack Joker Boy, contando sua historieta com arranjo moroso e grudento. Em paralelo, várias versões de clássicos do blues rock, executadas com força. Haviam algumas faixas programadas para rolarem em parceria com Gus Stardust, mas infelizmente ele não pode comparecer. Não obstante, trouxeram um Zeppelin, Good Times Bad Times, terminando sua hora de show.


Setlist Stranhos Azuis
[Início: 00h49]
01. Deixa pra lá - Stranhos Azuis; 02. Ninguém é Dono do Mundo - Stranhos Azuis; 03. Got My Mojo Working - Muddy Waters; 04. I Just Want to Make Love to You - Muddy Waters; 05. My Sunday Feeling - Jethro Tull; 06. Tudo Bem Tudo Bom - Made in Brazil; 07. Jack Joker Boy - Stranhos Azuis; 08. Thunderbird - ZZtop; 09. Os Ratos - Stranhos Azuis; 10. Shapes of Things - The Yardbirds; 11. Good Times, Bad Times - Led Zeppelin;
[Término: 01h53]

Subindo ao palco a atração da noite, o Pink Floyd Cover. Alguns ali estavam revendo-os, outros estavam se preparando para a experiência. Dito o Cover Oficial, só não me perguntem como essa oficialização acontece, traziam uma formação por muito competente, com anos de estrada: Márcio Baravelli no vocal e guitarra; Luiz Fernando Gil, revezando-se nos solos na guitarra e e fazendo uma das muitas vozes do backing Vocal; Paulo Madio no baixo wateriano e também no backing Vocal; Raphael Massarente nos Teclado e segunda voz backing vocal; e José Luíz Rapolli fazendo as vezes de Nick Mason na bateria.

Agora, de nossas anotações do show principal, costumeiramente tentamos transpôr o som ao vivo em palavras, mas hoje vamos tentar algo diferente, cumprindo a tarefa pela expressividade da imagem (sim, nós temos fotógrafos agora!). Afinal, tanto qualquer texto quanto qualquer imagem apenas dá outra abordagem ao que teria sido o áudio. Divagando mais, e esquecendo o purismo dos instrumentos acústicos em despreterização dos elétricos, mesmo o registro deste áudio, uma gravação que fosse, não seria o mesmo que feito ali, ao vivo. De todo modo, ficam as impressões visuais da noite nas fotos abaixo.

Contudo, como não poderia deixar de ser, trazemos o setlist do Pink Floyd Cover, resgatando algo bem próxima da relação das faixas que os sujeitos tocaram. Claro que ela é passível de erros, já que tiramos de ouvido e o clima era inebriante demais.

Setlist Pink Floyd Cover
[Início: 02h23]
01. Shine On You Crazy Diamond;02. Astronomy Domine; 03. Learning to Fly; 04. High Hopes; 05.Coming Back to Life; 06. On the Turning Away; 07. Sorrow; 08. The Happiest Days of Our Lives/Another Brick in the Wall (Part 2); 09. Breathe; 10.; 11. Time; 12.Money; 13. Brain Damage/Eclipse; 14. Dogs; 15. Pigs (Three Different Ones); 16. Summer'68; 17. Wish You Were Here; 18. Hey You; 19. Comfortably Numb; 20. Run Like Hell.
[Término: 04h47]

Se alguns comentários sobram, a despeito do êxtase que foi a apresentação, criando o clima ideal para trazer este som, ficou o desejo do público de ver Echoes, a nossa vontade em ouvir Interestellar Overdrive, já que eles trouxeram Astronomy Domine e particularmente estranhamos alguns timbres dos teclados. Ou o vai e vem entre anos dentro da discografia da banda. Mas sentimos muita, muita falta mesmo foi dos corais e incursões de vocais femininos, especialmente nas faixas do Dark Side. Deve ser porque acostumamos a ver a Carlinha Viana.

Também é possível conferir mais um tanto de fotos no Picasa do Programa Bluga!


Fotos: Vincent de Almeida e Danilo Eric dos Santos

Um comentário:

Lucas disse...

Pois é..... nada contra o grande P. F. cover, mas cheguei a comentar com a organização do evento sobre a banda Echoes - tributo a pink Floyd, que vi tocando no começo desse ano no zeppelin pub em jaboticabal, eles fazem o dark side inteiro com uma backing vocal, além de tocar pérolas como dogs e echoes inteira ! vejam o site da banda:
www.bandaechoes.com.br